quinta-feira, 19 de outubro de 2017

MQ

Amanhã talvez o mundo acabe, faz tempo que vem acabando. Vejo isso todos os dias, o dinheiro mandar em vidas, o soberbo existir, tão fundado em espaços que a cada dia fica mais urbano, e a cada dia, mais solitário é ser humano. O amor, esse tem sexo, é anormal ser normal. Amor perdido sem sentimento, para que sentir, se o que importa hoje é existir, as guerras são de ego. Quantos miseravelmente não tiveram chance alguma, seus corpos empilhados, são escombros do sistema, que tem a religião a julgar quem é merecedor das dadivas de Deus. Quem somos nós? Degradados por valores individuais, tão submissos ao coerente capitalismo dono do mundo. Somos tão marionetes do poder que avassala o existir com a submissão do possuir a cada dia mais, precisamos comer, nosso estômago é maior que nosso cérebro. Quanta carne, é devorada, e putrificada na carne viva. A inocência foi violada, a pureza castigada, e a doce vida ficou amarga. Agora entendo o que é preservar, entendo o que sou, e como posso existir, entendo que a unica coisa que podemos mudar, somos nós mesmos. Não importa quanto tempo temos aqui, não devemos alimentar o fim, mas lembrar que podemos ter outro começo. Liger Pimenta MQ

cor

As pessoas tem cor própria, não queira definir cores e sentido, a cor que não é sua. Tolerância é algo que o humanoide contemporâneo esqueceu, depois que as redes sociais ligaram os refletores sobre eles. O ego não define nada que diz respeito a composição alheia, mas induz a mediocridade de uma existência cheia de regras alienantes num coletivo dominado por conceitos que oprime a liberdade de existir. Liger Pimenta
Ela não acordou porque não dormiu, estava comprimida naquela cápsula, ela sabia que lá fora o sol precisava ser pintado, mas sua tinta estava no fim, o homem mal levou o segredo da tinta. A dor sempre é solitária, a dor comprime o coração e depois o congela, deixando o gosto do acabado. Liger Pimenta

desejo

into o teu calor guardando o frio, que tua distante presença provoca na minha cama vazia. Viajo entre sonhos e lençóis, minha mão desliza na tua pele, e traz para minha boca o doce gosto do desejo. Liger Pimenta

vc

Qualquer dia desses, num espaço do tempo, entre uma hora e outra, vc vai pintar sua cor na minha vida, e sua boca vai colar na minha e vamos misturar palavras, e na intensidade do beijo, nossos corações vão se unir. Bom lindo dia!

eco

O grito ecoa no silêncio onde a razão perdeu o sentido, o mal ri todos os dias, cerca e isola a vontade de permanecer. Sem ordem, a justiça perece no sentimento que não tem mais amor. Hoje a dor extrai a paz da vida de um coração que bate moribundo. Liger Pimenta

Noite

Triste noite em que o pesadelo esperou a madrugada chegar e saiu de dentro do sono. Fez estragos para trazer o medo, para sufocar o sonho. O ar fica comprimido entre a narina e o quarto escuro. O inocente cai, sucumbi na mentira. Quantos machucados o perdão vai perdoar, até que o amor vença, e o bem possa ser bom. Liger Pimenta