sábado, 30 de março de 2013

Lucas 16




Ainda te espero, na madrugada silenciosa com luz verde a brilhar.
Me guardo todinha nua e sozinha
Te quero calado quente ou gelado, para te abraçar quando o sol chegar,
 e te deixar quando for embora.
Te vejo a qualquer hora, invadindo minha memória.
Alienando meu querer
Teu desejo é meu prazer.
Minha loucura é tua
Procuro entre meus braços teu abraço
A na minha boca, tua doce língua embola na minha 
E as minhas palavras enrolam no teu silencio.
Meu amor ainda vive, não morreu. Liger Pimenta



sexta-feira, 29 de março de 2013

MQ

 Você precisa saber que o universo não está lá fora, está dentro de cada um, ele é individual
e ao mesmo tempo, todos existem na mesma dimensão, todos tem a mesma 
energia. Liger Pimenta

Arvore


Ver flor do mato, cheirar o chão.
Pipas penduradas depois de uma jornada
Cortadas, laçadas
Pássaros que me perguntam onde estou.
Vento que parou pra deixar a chuva cair
Meus pés molhados não sabem para onde ir.
Quero virar árvore
Ser pensamento bom que sempre impregna com suas raízes que saem pela boca...Liger Pimenta

MQ

Verde para que te quero árvore, para que te quero vivo se posso pintar as paredes, posso construir um jardim de raridades. Verde para que te quero chão para sujar meus pés, se tenho rodas para rolar em vão. Vida para que te quero viva se vivo só esse momento e o amanhã não é meu, é de alguém que nem nasceu. MQ Liger

Carambolada

Carambola, carambolada, me enrola e desenrola
Num gosto doce quase azedo do teu amarelo de girassol.
Carambola, carambolada a tua árvore não tem mais nada
Ficaram todos no chão para preparar a nova estação. Liger Pimenta

Quintal

No meu quintal tem um pé de carambola do quintal do vizinho.
No meu quintal tem sol, estrelas, passarinhos.
Cai chuva dos meus olhos, 
Escuto risadas da minha alma. 
Nele "EU" vivo sozinha.  Liger Pimenta

Ninho

Passarinho nessa árvore tu fez teu ninho.
Ficas aí a cantar, e eu aqui a escutar
Esperando a tarde passar.
Logo mais tem lua cheia, 
nessa mesma árvore a coruja vai piar. Liger Pimenta

Cadê a rima

Vida linda vida!
Respira pelo nariz desse ar de graça
Que passa por aqui querendo prosear.
Procurando rima, 
Esquece a menina,
o que eu ainda vou achar  Liger Pimenta

Pascoa

Então os coelhinhos invadem, botando ovos por qual buraco.
É pascoal, e não sei o que é.  Acho que é Jesus sacrificado, e com ele muitos peixes. Santa Ignorância onde moras?  Na sexta-feira quanrrrdo é santa, eles sacrificam. É moda não ter FÉ. Liger Pimenta

Lucas 15


Que meus braços circulem teu corpo,
num grande e quente abraço.
Que minha boca toque tua língua,
para sentir, o gosto doce que você tem.
Que meu corpo sinta o teu.
E tua força invada minha parte mais interior.
e tua voz fale o que eu sonho escutar.
Liger Pimenta 

terça-feira, 19 de março de 2013

MQ

Verde para que te quero árvore, pra que te quero vivo, se posso pintar as paredes. Se posso construir um jardim de raridades. Verde para que te quero chão, para sujar meus pés, se tenho rodas para rolar em vão. Vida pra que te quero viva, se vivo só esse momento e o amanhã não é meu, é de alguém que nem nasceu.  MQ 
Liger

Carambolada

Carambola, carambolada
Me enrola e desenrola 
Num gosto doce quase azedo do teu amarelo de girassol...
Carambola, carambolada a tua árvore não tem mais nada
Ficaram todos no chão para preparar a nova estação... Liger Pimenta

Carambola

No meu quintal tem um pé de carambola do quintal do vizinho.
No meu quintal tem sol, estrelas, passarinhos.
E nele cai chuva dos meus olhos, escuto risadas da minha alma.
Nele "EU" vivo sozinha.      Liger Pimenta
Quem sabe nadar, não deixa a correnteza levar. 

Lucas 14

Amo você, mas nossa idade não combina, eu sou menina, você não sabe o que é. Você é menino e eu não sei o que sou. E assim brincamos de esconde esconde, você perto e eu bem longe.
Liger Pimenta

Árvore

Ver flor do mato, cheirar o chão. Pipas penduradas depois de uma jornada, cortadas, laçadas. Pássaros que cantam onde estou. Vento que parou para deixar a chuva cair, e meus pés molhados não sabem para onde ir. Quero virar árvore, ser pensamento bom que sempre impregna, com suas raízes que saem pela boca. 
Liger Pimenta

quinta-feira, 14 de março de 2013

Lucas 13

Teus olhos me olham nos pensamentos. Minha voz enfim calou, você levou meu coração, me baniu do mundo dos vivos. Não sou mais flor.  Minha dor é desejo escondido. Meu prazer mora distante, pedido. O ar não falta mais, e o sorriso é amarelo. Minha cor não tem mais tinta.
Liger Pimenta

quarta-feira, 13 de março de 2013

Lucas 12

Meu céu azul podia invadir teu céu cinza, minha noite estrelada podia invadir teu escuro. Nas nossas línguas entrelaçadas eu te daria voz para falar e tu me daria o silêncio para escutar.
E num abraço meu coração bateria no teu, para te dar amor e não ter que esperar mais.
Liger Pimenta

segunda-feira, 11 de março de 2013

Belém

Queria ver meus amores, acordar com um beijo.
Comer pupunha com café.
Correr da chuva e ficar molhada.
Ir na madruga para o Tenoné.
Dançar reggae domingo no Porto Solamar
Balançar a cabeça para dizer sim
Gritar "éguuuuaaaa" quando o onibus queimar a parada.
E morrer de calor todos os dias....Liger Pimenta

sábado, 9 de março de 2013

Lucass11

Eu vivo no Mundo EU
Ele no Mundo do "ELE"
"ELE" tem idade
"EU" perdi a que tinha.
"ELE" não sabe o que quer
 "EU" tenho certeza
"ELE" gosta de ficar só
"EU" de ficar na minha...
"ELE" ama de mentira
 "EU" amo amor de menina. Liger Pimenta

sexta-feira, 8 de março de 2013

inquietude

Essa inquietude de procurar sempre o novo a emoção do recomeço, do que imaginamos e fazemos ser verdade. Esse sentimento de paixão que alimenta cada ação, cada olhar, toda fala, nos faz ser mais do que nós mesmos, ir além do que desejamos. LIGER PIMENTA

domingo, 3 de março de 2013

Mundo do "EU"

Só existem pessoas certas, todas cabem na falta do errado.Tudo no mundo tem regra, a vida passa e o melhor para todos é que tudo esteja sob controle, o que você quer ser, a roupa que você vai usar, o que você tem na geladeira, a conta do banco, tudo tem que ser do jeito que o sistema prega, senão, você não passa de um liso, um louco, alienado. E qual é a estorinha que você vai contar para seu filho? Quem será o orgulho da mãe? Será que puxou para o pai? E qual será a miséria da sua existência? Ou a marca do seu inútil carro? Para que me pergunto tudo isso, se não vou trazer de volta a vida que se foi, seria melhor enterra-la num salão de beleza, equilibra-la num salto alto, ou deixa-la de vez na mídia podre que recolhe os escombros do capitalismo.Vai desistir? Pra que? O que seria a vida sem essas meia dúzias de florestas, essas que você insiste em ver nesse sentimento de irmandade, já que o amor se perdeu no tempo do interesse. Não! Não está perdido?
Então me diga:
Onde está ele agora?  Onde estão os que pregam o amor?  Se invés do amor pregam o fim, que se resume numa única condição: Aceitar o que você nunca negou.